Header Ads

Header ADS

Aprenda o que é streaming e como funciona para áudio

A evolução tecnológica nos trouxe muitas possibilidades de inovação. Hoje em dia, as rádios online têm bastante espaço na Internet e levam diversos conteúdos diferentes para pessoas em qualquer lugar do mundo. Dentro desse contexto, há um termo que se destaca e que você talvez não conheça. Afinal de contas, o que é streaming para áudio?
Streaming, basicamente, consiste na transferência de sons pela web. Ao instalar o software adequado, captura-se o áudio de uma mesa de som. Esse áudio é codificado e, em seguida, um sinal é enviado para um servidor na Internet. Existem diversos provedores de streaming que garantem a boa qualidade do processo, evitando a sobrecarga de computadores pessoais.
Usando esse serviço, o usuário não precisa baixar o conteúdo para acompanhá-lo, visto que tudo é transmitido em tempo real. O recebimento e o repasse de determinado material, que pode ser um programa de rádio online, por exemplo, acontecem instantaneamente. Quer saber mais sobre o assunto? Então confira o texto de hoje!

Como surgiu o streaming?

Quando a Internet ainda não era uma ferramenta popular e de fácil acesso, o streaming era empregado pelos canais de televisão. O objetivo principal era transmitir programas ao vivo ou cobrir eventos relevantes enquanto eles aconteciam.
No panorama do rádio, a década de 90 foi importante para o serviço. Apesar do ônus de perder qualidade, começou-se a receber dados sem esgotar o limite de transferência da banda. Em agosto de 1995, houve a primeira transmissão radiofônica em tempo real de um jogo de beisebol, outro marco histórico.
No Brasil, cerca de um ano mais tarde, Gilberto Gil e banda tocaram a obra ”Pela Internet” no Rio de Janeiro. A música teve propagação virtual de maneira instantânea, algo, então, inédito por aqui. Para ter sucesso na operação, uma equipe de técnicos, produtores e cantores se uniu, com o auxílio de vários cabos. Lembramos: não havia Wi-Fi naqueles tempos.
Com o passar dos anos e a crescente evolução tecnológica, a banda larga se popularizou e ajudou o streaming a ser adotado cada vez em maior escala. A velocidade da navegação faz com que praticamente não haja travamentos ou sistemas lentos, otimizando a experiência dos internautas, inclusive dos ouvintes de rádio.

De que modo uma rádio online pode usá-lo?

Gigantes do ramo virtual, como Spotify e Netflix, já se valem massivamente do streaming. Dentro do contexto de uma rádio web, por exemplo, esse serviço figura como crucial para o sucesso, disponibilizando uma boa qualidade do conteúdo e níveis satisfatórios de audiência.
Se a sua intenção é criar um streaming, saiba que se faz necessário contar com alguma plataforma gerenciadora da transmissão do material e uma conexão banda larga. Os arquivos, por sua vez, devem estar em formatos específicos de áudio. É preciso ainda colar um código HTML ligado ao streaming na página, o que possibilita que os ouvintes permaneçam mais tempo no site.
Quanto aos formatos de áudio para streaming de rádio, selecionamos alguns para explicar. Caracterizado pela compactação, o MP3 é reproduzido na maioria dos players da atualidade. Já o WMA oferece conteúdos leves e com maior qualidade, apesar de não rodar em tantos aparelhos. Por fim, o AAC e o FLAC se mostram relevantes porque qualificam ainda mais o material, mas não são aceitos em alguns eletrônicos populares.
Uma rádio online com serviços de streaming, enfim, pode se aproveitar de vantagens, como a simultaneidade. Muitas pessoas escutam programas enquanto cumprem outras tarefas diárias.
O alcance ilimitado também é um benefício extremamente considerável, pois o conteúdo é acessível em qualquer canto do universo, desde que haja Internet. Vale ressaltar que o investimento é baixo, o que facilita e barateia a criação de uma rádio web.
E agora, você sabe o que é streaming? Pensa em utilizá-lo em uma experiência próxima? Que tal, então, compartilhar este artigo nas suas redes sociais e mostrar para os amigos?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.